Pedra na Vesícula

Pedra na Vesícula ou Colelitíase, é a presença de cálculos na vesícula biliar. O tratamento mais efetivo é o cirúrgico, através da colecistectomia vídeo laparoscópica ou por vídeo.

cirurgiao-ciururgia-bariatrica-em-brasilia-asa-norte-dr-carlos-gustavo-sampaio-2

Dr. Carlos Gustavo é especialista em tratamento de pedra na vesícula.

Dr. Carlos Gustavo Sampaio
CRM DF 13108 RQE 7961

Acompanhe o seu tratamento de

Pedra na Vesícula

1º Passo

Diagnóstico

Podendo ser sintomática (“boca amarga”, “me sinto cheio”, “dor no estômago, mais pra direita”, além de outros) ou mesmo assintomática, em achados incidentais de exames periódicos; a colelitíase é geralmente diagnosticada pela ecografia ou ultrassonografia.

2º Passo

A Cirurgia

A colecistectomia (retirada da vesícula) por vídeo, é a cirurgia mais realizada no mundo e seu tempo normal de execução varia de 30 min a 2 horas, o paciente pode receber alta no mesmo dia.

Nos casos mais complexos, o paciente deverá ficar sob observação médica e poderá receber alta hospitalar no dia seguinte.

3º Passo

Acompanhamento

Após o procedimento, o  paciente precisará retornar ao médico para avaliação pós-operatória e seguimento ambulatorial, que tenha alcançado a completa recuperação.

Dúvidas frequentes sobre a cirurgia bariátrica

Tire Suas Dúvidas

Sim, o organismo funcionará normalmente.

Orientamos evitar gorduras e frituras por um período inicial, para adaptação do organismo, lembrando que a vesícula armazena a bile que é produzida no fígado e lançada ao intestino por regulação hormonal.

A retirada da vesícula não interfere diretamente no ganho ou perda de peso.

Em alguns casos os cálculos na vesícula biliar podem não apresentar sintomas a curto prazo, podendo manifestar-se posteriormente. Por isso, o correto é proceder com tratamento cirúrgico normalmente, conforme a orientação médica.

O paciente pode sentir dor na parte superior do abdome (semelhante a dor no estômago), plenitude pós-prandial (sensação permanecer saciado após refeições), “boca amarga “, gases. Todos podem estar associados a colelitíase, além de outros.

Cerca de 80% das pessoas com cálculos biliares não apresentam sintomas por muitos anos, ou podem nunca tê-los, especialmente se eles permanecerem na vesícula biliar.

dr. carlos gustavo especialista em cirurgia robótica

Cirurgia Robótica

A cirurgia robótica é a melhor opção por proporcionar:

Melhor visualização da área

Maior precisão

Melhor recuperação

Menor incidência de dores

Acesso a áreas de difícil acesso

Melhores resultados

Mais acessibilidade no seu atendimento!

Convênios Credenciados